Site de Poesias

Menu

Telepatia

Seu olhar brilhante
Em meu olhar pétreo,
Fez reluzir minha retina
Por entre os sonhos.
Certeiro entreguei-me
Ao seu coração tênue
Com todo cuidado,
Para não magoar-me,
Quem sabe numa ilusão,
Ou em sua despedida.
Retrato cada momento
Por entre os escombros
Seu ser solto, livre
Encontra-me.
O trocar de olhar
Tudo revela
- O olhar não mente.
Em pensamento
Você tudo diz,
E eu também,
Você descobre-me
E eu descubro-na,
Diante a esquina
Silenciosa.

Compartilhar
Valter Bitencourt Júnior
16/07/2019