Site de Poesias

Menu

Ainda

 

 

Ainda quero te encontrar 
Me diz onde você está
E eu te entrego, assim
A sua parte nesse amor
Que ainda é vivo em mim
 
É como algo que não se perdeu
E mesmo que quebrado ao meio
Ainda se conta “um”
 
E ainda que perdido quer se achar
Você sem minha vida
Não, não faz sentido algum
 
 
Ainda busco o teu olhar 
Meus passos a te procurar
Pois decidi seguir
Levo o teu cheiro, pois assim
Eu não vou me perder
 
É como algo que nunca se foi
E mesmo com qualquer distância 
Vai nos alcançar
 
E ainda que distante quer voltar
Você na minha vida
Tudo faz me apaixonar 
 
 
Ainda rego em seu jardim
Aquela flor que um dia eu vi
Falando com você
Sobre esse amor que começou
E agora se desfez
 
É como se chorasse por nós dois
E um segredo aos meus ouvidos 
Fosse me contar
 
E ainda de mansinho a soluçar
Me conta o caminho
Pra eu te reconquistar
 
 
Ainda vou sorrir sem te achar
Na estação da Vida não há só partida
Tô aqui ainda, vem amor
Vem linda, bem vinda...
 

Compartilhar

Poesia construída com o parceiro de música Agenor Filho! SSA, junho de 2019

Silvestre Sobrinho
01/07/2019

  • 0 comentários
  • 125 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados