Devorador de alma

Devorador de alma

Quem seria esse que com sangue nos olhos nos mira,

Como alvo no dia à dia,

Com sede insaciável à procura de sua presa?

 

Que na sua calma nos espreita por uma falha,um erro...

E sem arrependimento se lança

para devorar a nossa alma?

Sem defesa, viramos alvo de sua insaciével fome,

E sem pressa, ele espera o momento do último fôlego.

Leny Borges

28/05/2019

Obrigada meu amigo Otacílio, sempre pronto a me apoiar.

Em casa

Leny Borges
© Todos os direitos reservados