Site de Poesias

Menu

DESCONEXOS

 
 
Os astros parecem hereges,
Na Terra não há semântica,
Lado a lado, lobos e tietes
A colher tudo o que se planta.
 
Eu poderia escrever hieróglifos
E meu espírito viver entre neófitos
Que se banham junto às vedetes!
 
Mas... Percebo-me um surdo-mudo
E diante de mim há só esqueletos
Que valsam sobre todos os medos
E perante a vida... Bem, eu copulo!
 
São minhas lágrimas um suor
Que lava minh’alma em dó maior,
Então ando que ando... Desnudo!
 
 

 
DE  Ivan de Oliveira Melo

Compartilhar
Ivan de Oliveira Melo
20/04/2019

  • 0 comentários
  • 11 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados