Site de Poesias

Menu

Solitário o meu coração

Passam as horas

só não passa essa sensação

sinto um bolo na garganta

chora meu coração

não aguento mais essa solidão...

O amor que se tranforma em dor

como pude cometer esse erro

acreditei nos seus sentimentos

agora fiquei refém e prisioneiro...

Confiei sem você confiar

teves o melhor de mim

me entreguei sem você nem sempre se entregar

não queria que fosse assim

tão simples assim...

Chegou a madrugada

e nem um único gesto de carinho

será que tudo foi nada?

como sempre estou sozinho...

Solitário o meu coração

de tantos momentos de sonhos

a desilusão

falta algo, falta você

falta tudo então

Solitário o meu coração...

Compartilhar
Eduardo Vieira
04/04/2019