Site de Poesias

Menu

Incompreendido...

Não dá para ser perfeito

não quero

não posso

não consigo...

Não dá para errar tudo

não quero

evito

não consigo...

Ser incompreendido

é você não entender meus limites

é aumentar meus erros

as poucas virtudes pra ti

não mais existir...

Ser incompreedido

é quando eu me expresso

e quase sempre vou te ferir

isso me machuca eu confesso

deixo de existir...

O fim não pode ter um final

porque no fim já acabou

se acabou não é normal

se acabou não era amor...

Um amor não se cobra

porque o amor é sustentável

um amor não se humilha

porque o amor é estável...

Amor

sentimento único

Amor

de tão perfeito

e tão incompreendido...

Compartilhar
Eduardo Vieira
29/03/2019

  • 0 comentários
  • 107 visualizações neste mês
  • sob licença creative commons
    Você pode distribuir este poema, desde que:
    • Atribua créditos ao seu autor
    • Não use-o comercialmente
    • Distribua-o sob essa mesma licença