Site de Poesias

Menu

MADRIGAL PASSIONAL

 
 
Vejo na penumbra apenas tua sombra
E teu vulto a escalar um desejo sóbrio;
Teu apetite é vasto e me jogas nas ondas
Dum mar revolto que me retira do ócio
E me faz ter profundas convulsões de amor.
Dardejo-te ao enviar a ti um beijo multicor
E de receber em troca rebeliões de carinho.
Minh’alma sorve-te o olhar e, de mansinho,
Copula em palavras um manancial de prazer
Onde o nada é tudo e tudo pode acontecer...
Apenas há convicção de que muito te quero
E a certeza de que teu amor em nada é estéril!
 
 
DE  Ivan de Oliveira Melo

 
 

Compartilhar
Ivan de Oliveira Melo
06/02/2019