Site de Poesias

Menu

ESPÍRITO HUMANO

 

 
 
 
 
A verdade é só uma:
O ser humano se desconhece,
Não sabe do que é capaz.
A engenharia da genética humana
É inigualável. É perfeição!
 
Não há imperfeições na Criação:
Na vida, em si, não há erros,
Tudo foi planejado e executado
De forma sublime.
E, a correção, é algo que
Intriga aos mais ilustres cientistas
E aos estudiosos da religião.
 
Infelizmente as criaturas
Não se dão conta
Do privilégio que é ser humano.
Deixam-se possuir
Por sentimentos negativistas
E, então, corrompem-se
Pelo egoísmo, pela ambição desenfreada,
Pela hipocrisia, pelo ciúme, pelo orgulho...
É um querendo ser mais
Do que o outro
Quando, na realidade,
Todos são igualitários... Todos são irmãos!
É necessário estudar
Para angariar conhecimentos,
É imprescindível ser humilde!
 
Os talentos da existência
São distribuídos  de forma homogênea.
Se uns têm opção pela música,
Outros são adeptos da engenharia,
Outros da medicina... Tudo em seu devido lugar!
A inteligência que compôs
O espírito pessoa
Fi-lo de maneira que
Ninguém deixou de ser contemplado,
Desde à infância até à consumação do viver,
Mas... a negatividade provém
Da ausência do conhecer-se...
Houvesse o interesse para tal sapiência,
Certamente o mundo seria outro:
Não haveria guerras,
Não haveria fome nem sede,
Não haveria falta de habitações,
Todos teriam todos os tipos
De assistência... porém...
O próprio homem desarmonizou
O que, com argúcia, foi edificado...
É fundamental a meditação!
 
A própria natureza
É fotografia do depauperado,
Dessa ausência de harmonia.
O que se vê?
Desmatamentos, matança indiscriminada
De seres irracionais, poluição de todos os níveis,
Queimadas, gases tóxicos,
Crianças violentadas de todas as maneiras...
 
É uma modernidade acintosa
Que atravanca o progresso.
O livre arbítrio leva o ser humano
A contundentes decepções,
Haja vista a falta de ética,
A indecência, a mentira,
A ausência de pudor e da dignidade!
Percebe-se que um pseudo
Magnetismo pessoal
Seja a referência
Para um comportamento social imprevisto...
Isso não é ignorância,
É um vazio que não permite
O juízo de atuar conforme sua essência.
 
No instante em que
O mundo se der conta
Da inconsciência e da inconsequência que reinam,
Haverá fidelidade, solidariedade,
Respeito mútuo...
Compreender-se-á, sem dúvidas,
O privilégio de ser humano.
 
Para que se atinja esse patamar,
O indivíduo terá de entender
Que é o coração o verdadeiro
Templo da concórdia e do amor.
 
Há casas de orações,
Todavia nenhuma foi prescrita
Pelo Divino...
De que serve adorar à Divindade
E lá fora praticar-se o contrário?
Pode-se amar ao Criador
Independente de alvenarias,
Basta que haja consciência
E, o Deus tão ardentemente procurado,
Manifestar-se-á em cada criatura.
A vida não é um sistema. A vida é O sistema!
Assim poderá ser posto em prática
O que o Divino Peregrino da Paz pregou:
Amai-vos uns aos outros!
 
 

 
DE  Ivan de Oliveira Melo

Compartilhar
Ivan de Oliveira Melo
22/01/2019

  • 0 comentários
  • 15 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados