Site de Poesias

Menu

Sentidos

 

Trago na boca o amargo, o grito escondido, trago nos olhos a tristeza da perda, trago nos ouvidos o ruído de correntes arrastadas, trago em minhas narinas o odor do suor da incerteza, trago em minha pele o toque fustigante aplicado sem remorso. O que mais me espera? Sem queixas ou lamentos procuro algo que nunca perdi, transformo lágrimas em palavras, transformo tristeza em esperança, transformo o medo em coragem, para que eu consiga seguir.

Compartilhar
Cesar Garcez
19/01/2019

  • 0 comentários
  • 114 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados