Site de Poesias

Menu

Encanto Interiorano

Ah! O vento que sopra aqui não pode soprar por lá!

Ah! A calmaria daqui não pode ser comprada lá!

 

O toque dos sinos da igreja, os campos esverdejantes, o cheiro puro e as montanhas,

Tudo isso é de extrema relevância!

 

A cantoria dos bêbados, a simplicidade da vida, o cantar sublime dos pássaros

E a liberdade faceira não deixam a menor dúvida:

Aqui é lugar de se morar e não lá!

Compartilhar
Diego de Andrade
10/01/2019

  • 0 comentários
  • 24 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados