Site de Poesias

Menu

Estrela guia

As estrelas brilham todas as noites mesmo que nuvens cubram elas e uma tempestade caia

As estrelas brilham e uma hora poderemos voltar a vê-las 

Você é como essas estrelas, sempre esteve ali brilhando, mas a tempestade não passava e foi de repente que as nuvens se dissiparam e então eu olhei

Seu brilho ilumina a minha vida é já não me vejo perdida no breu da noite e nem cansada quando o Sol bate na janela do quarto onde a solidão era mais sentida

É só levantar as vistas e lá estará o brilho mais encantador que vi, já marcado na memória, fotografia que não se amarela com o passar dos dias

Minha estrela da noite que me guia pelo caminho cheio de pedras e um grande abismo que me cerca

Mesmo com olhos míopes consigo ver seu brilho borrado,  está ali a iluminar no cair das eternas noites e também em um grande amanhecer

É estrela da noite mais bela e estrela de dia 

Outras estrelas existem, eu sei, eu sempre as vi,  mas todas me cegavam e você é aquela que amanhece todos os dias

A grande estrela que brilha, aquece e onde se floresce a vida 

Estrela que brilha e faz com que eu queira amanhecer todos os dias

Sem mais desistir e ir seguindo com sua luz tocando em minha pele

Enquanto essa estrela brilhar em meus olhos, meus pulmões estarão agitados por grandes ventos, meu corpo sempre em movimento 

Como grandes árvores que criam vida por ventos que levemente os tocam 

Estrela que brilha uma força da natureza que eu não quero explicar o que pode ser esse sentimento que germinou e agora como um girassol tem seu guia que brilha 

Todos os dias

Estrela guia

Estrela brilhante estará para sempre na minha vida 

 

 

 

 

Compartilhar

Botucatu - São Paulo

Marcela Hebeler Barbosa
28/12/2018

  • 0 comentários
  • 19 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados