Site de Poesias

Menu

TROVAS ESPARSAS DE IALMAR PIO SCHNEIDER


TROVAS ESPARSAS
De
IALMAR PIO SCHNEIDER
 
                                               Nunca digas que não gostas
                            de música e de poesia,
                            pois ambas foram compostas
                            na tristeza e na alegria.
 
                            Seresteiro e trovador
                            ambos têm equivalência:
                            porque os dois fazem do amor
                            o motivo da existência.
 
                            Eu era ainda criança
                            e sempre quis ser poeta,
                            nunca perdi a esperança
                            de atingir a minha meta.
 
                            De tantas trovas que fiz
                            Uma foi a mais ardente:
                            Ouvindo-a foste feliz,
                            Cantando-a fiquei contente.
 

Compartilhar
Ialmar Pio
25/11/2018