Site de Poesias

Menu

Quando o caos não existir mais

vou juntar todas as canções e versos escritos em seu nome
você está com frio nesse mundo de tempestades e caos
vou acender uma grande fogueira
alimentada com as minhas palavras todos os dias que pensei em você 
para te aquecer até o juízo final
quando os anjos vierem e te carregarem para longe desse mar de fúria que está o mundo levará na alma as cinzas de cada letra sufocada de amor que eu realmente nunca pude dizer 
sua alma envolta de asas não sentirá o frio cortante da viagem por meio das nuvens carregadas de raios e trovões, pois cada palavra escrita estará em chamas no seu ser 
eu estarei lá embaixo avistando sua partida com os olhos a arder pelas chamas do inferno tudo a me consumir o corpo, porém as cinzas já estarão com você e um até breve nos perdemos nesse destino que nos uniu um dia voltaremos a nos ver quando o caos não existir mais 
quando das cinzas as palavras de amor renascerem 
e assim, nós voltaremos a nos ver 

Compartilhar

São José do Rio Preto - São Paulo

Marcela Hebeler Barbosa
16/11/2018

  • 0 comentários
  • 37 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados