Site de Poesias

Menu

A VIDA DE HOJE EM DIA

A VIDA DE HOJE EM DIA

No início normalmente sempre tão confusa
Tantas dúvidas e questionamentos a mil
Inseguranças aos poucos vão se impondo.
Oscilações surgindo na mente e no coração.

Com o tempo começamos a ser mais blindados e reservados
Deixamos de fazer até colocações... escondendo sentimentos...
Começa-se a armazenar, a acumular, enchendo nosso baú.
No tempo ‘mocosamos tralhas’ que nem lembramos mais.

Tantos segredos têm que só nós sabemos.
Como vamos aprendendo a nos policiar!
Vamos-nos policiando, policiando, policiando,
Que chega uma hora nem mais nos conhecemos.

E ai vem a volta para tentar novamente se encontrar.
Desembaraçar o novelo formado pelos inúmeros erros,
Pelas escolhas erradas, pelos sentimentos equivocados.
E aí tudo vai sendo atropelado no transcorrer do ser...

Tantos questionamentos vão surgindo nos íntimos...
Mesmo em alguns poucos anos, que seja aos quinze,
Tão confusos e perdidos muitos jovens se encontram
Assim como uma boa parte de nós ‘coroas’ não fica atrás.

Como orientar então os jovens se os pais quarentões
Muitas vezes se encontram mais perdidos que os filhos.
Como pode se mostrar o caminho e ensinar alguém,
Quando se está confuso, desnorteado e perdido também?

‘A felicidade provém do íntimo, daquilo
que o Ser humano sente dentro de si mesmo’
Roselis Von Sass - www.graal.org.br

 

Compartilhar
HSERPA
21/10/2018