Site de Poesias

Menu

Ovos

a mãe e o pai discutiam na sala fria

a menininha com mãos pequeninas chamou a avó e pediu quatro ovos

pediu que a avó cozinhasse dois

sem perguntar nada a avó obedeceu sua neta

que era dada a sensatez 

a menininha levou os outros dois ovos para a mesa da cozinha e desenhou neles olhos e bocas infelizes

passado uns minutos sua avó trouxe os outros dois ovos bem cozidos

a neta pegou cada um

e neles desenhou olhos e bocas

sorrindo

levou tudo para seus pais

o silêncio repentino na sala se fez

a menininha colocou nas mãos de cada pai um ovo

e disse: 

qual deles vocês querem ser um para com o outro? 

o pai olhou os ovos de olhos e bocas infelizes

ao partir, o ovo mole escorregou por entre seus dedos

como lágrimas 

a mãe ao abrir o ovo de olhos e boca feliz

deparou com algo firme e consistente

como deve ser a felicidade 

eles todos se olharam

e num gesto de paz

se abraçaram 

sem medo 

 

 

Compartilhar

Botucatu - São Paulo

Marcela Hebeler Barbosa
11/10/2018

  • 0 comentários
  • 22 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados