Site de Poesias

Menu

Poesia: A ESCUTA DO SILÊNCIO

A ESCUTA DO SILÊNCIO

OLHA QUE SILÊNCIO!
OUÇA!
MAS NÃO É SILÊNCIO?
COMO ESCUTAR O NADA?

NÃO É O CONTRÁRIO,
O NÃO ESCUTAR?
SE NÃO HÁ O QUE...
SILÊNCIO GERA AÇÃO?
NÃO É SÓ NÃO
ESCUTAR ENTÃO?

COMO NÃO ESCUTAR?
SIMPLES SERÁ QUE É?
NÃO, NÃO É NÃO

O SILÊNCIO
É UM MOMENTO DE PAZ?

SIM,
MAS ESCUTAR O SILÊNCIO
NÃO SE FAZ COM A AUDIÇÃO.

ELE SÓ É CONCRETIZADO
EM UM ÍNTIMO APAZIGUADO

"Conservai puro o foco dos vossos pensamentos, com isso estabelecereis a paz e sereis felizes" Abdruschin em "Na Luz da Verdade" www.graal.org.br

Compartilhar
HSERPA
06/10/2018