Site de Poesias

Menu

Alforria

[Ilustração não carregada]

Repouse no peito

Todo o seu medo,

Se abra totalmente despida

De pudores,

Rasgue sem piedade antigos conceitos,

Medíocres valores

Vista-se de coragem bela menina,

Pois ninguém pode parar esse cronômetro

É tempo de acordar

Para livres sonhos,

Goze a liberdade dos desejos

Sem culpa

Mesmo que haja luta

Não fuja,

Se mele na polpa doce da fruta,

Se permita ser feliz,

Tire a roupa do talvez,

Tome uma dose de coragem,

Seja você pelo menos uma vez.

 

Compartilhar
Tatiane Correia Silva - Compositora/Poeta (SALVADOR-BA)
09/09/2018

  • 0 comentários
  • 41 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados