Site de Poesias

Menu

MOMENTOS DOCES E AMARGOS


Tenho tido em vida,
Momentos doces e amargos,
Os amargos deixam feridas,
E os doces na alma, afagos!
 
Sei que viver tem um porque,
Um gerador de outra inquirição
Que repetidas faz-nos exangue
Diante de problemas sem solução
 
Pés descalços a pisar seixos,
Tem-se dor lacerantes,
Suporto-as não me queixo
Pois tenho a bravura do infante
 
Meu olhar não se perde no horizonte
E sim na escolha do caminho
Um de ofertas mirabolantes,
O outro nada promete nem flor, nem espinho.
 
Que bom voltar à casa paterna
Depois de longa e cansativa viajem
Para manter acesa a chama da lanterna,
Só precisou de: Fé, Amor e Coragem!
 
 
 
 
 

Compartilhar
Ubirajara Fernandes
08/09/2018