Site de Poesias

Menu

Errando para acertar

Tento fazer o certo

mas o que sabemos sobre isso?

nem sempre o certo está correto

o certo seria tudo o que preciso?

não sei...

 

Eis uma linha ténue

não correr riscos para acertar

não viver o momento

com medo de errar

seria o certo?

errar para acertar?

não sei...

 

Em toda minha vida

errei muito mais que acertei

mas se não tivesse errado

não saberia o que agora eu sei...

eu sei...

 

Errei e acertei

correndo o risco de me machucar

machuquei

mesmo quando queria acertar

errei e acertei

eu sei...

 

Errei quando quis acertar

acertei até quando errei

está na hora de novamente acertar

mesmo que isso signifique

que eu tenha que novamente errar...

eu sei...

Compartilhar
Eduardo Vieira
06/09/2018

  • 1 comentário
  • 30 visualizações neste mês
  • sob licença creative commons
    Você pode distribuir este poema, desde que:
    • Atribua créditos ao seu autor
    • Não use-o comercialmente
    • Distribua-o sob essa mesma licença