Site de Poesias

Menu

Julgamento

[Ilustração não carregada]


O ódio me consome...

Mas quem pode me julgar...?

 

Quem julga não conhece o meu chorar...

Nunca viu!

Não sentiu!

Não estava lá...!

 

O ódio me consome...

Mas quem pode me julgar...?

 

Quem julga não conhece o meu pesar...

Nem a dor!

Nem clamor!

Por onde andou...?!

 

O ódio me consome...

Mas quem pode me julgar...?

 

Quem julga não conhece o meu sofrer...

A ferida

E a doença!

Onde ele está...?!

 

O ódio me consome...

Mas quem pode me julgar...?

 

Quem julga não notou o opositor...

Pelo horror

Não passou!

Ignorou...!

 

Quem julga...

Sua alma não gritou...!

Nem berrou...!

Nem bradou...!

Nem calou...

E se cansou...

 

Só julgou...



 

Compartilhar

00:11 Artur Nogueira, SP - 25/08/2018

Rosely T. Sales
24/08/2018