Site de Poesias

Menu

INTENÇÃO

Demétrio Sena, Magé - RJ.

Esta mão que procura se ater aos papéis
e às pobres canetas que percorrem milhas,
às fiéis dobraduras pelas quais me faço
moderar os impulsos que chegam aos poros...
Mão heroica e silente que ajeita os cabelos,
faz um breve carinho no livro já lido,
pra mentir pros apelos e driblar a voz
da saudade que tenho de quem nunca tive...
Mas não tenho poderes pra lutar sem fim
contra mim ou meu sonho do que não tem vez,
pois então que assim seja como sempre foi...
Minha mão tem ciúme dos meus pensamentos,
mas acaba vencida e se deixa levar
nos momentos mais rijos desta solidão...

Compartilhar
Demétrio Sena, Magé - RJ.
19/08/2018

  • 0 comentários
  • 20 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados