Site de Poesias

Menu

GREVE DE POVO


Demétrio Sena, Magé – RJ.
 
Esse povo precisa entrar em greve,
ter uns dias pra ter orgulho próprio;
ser opróbrio, não vítima passiva,
não dever e também não ter temor...
É preciso que o povo cruze os braços
pras mentiras que abraça todo dia,
feche as mãos de aplaudir famosidades,
rompa os laços com credos e consumos...
Por um tempo que o tempo emendaria,
bem que o povo podia não ser gado;
não ter líder nem dono de seus atos...
Mas o povo não sabe não ser povo,
ter seus laivos reais de vez e voz,
dar seus nós nas amarras nacionais...

Compartilhar
Demétrio Sena, Magé - RJ.
01/06/2018

  • 1 comentário
  • 23 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados