Site de Poesias

Menu

VESTÍGIO

Palavras treinadas,
será que mudariam
minha historia tão sofrida?
 
A resposta não sei, porem seu rosto
já exibia vestígio de uma replica,
fingi não perceber, mas no
fundo o desfecho já
estava consumado.
 
Havia no meu coração a esperança de mudança
almejava que la na frente um sim surgisse,
porem ele não veio e o não,
permaneceu.
 
Confesso que a dor é profunda
ela toca na alma, nem choro,
nem suplicas fará mudar
ou tirar as feridas.
 
Elas perdurarão para sempre
na mente e no coração
e a qualquer momento
se abrirão.
 
Sei que o sofrimento
me atingira como o vento forte
entre folhagens, agitando de um lado
para outro, serei machucado as vezes.
 
Porem me recuperarei, não permitirei
que a derrota me estraçalhe
não serei abatido
até que expie.
 
_Pedro A. D. Moraes_
13-04-2018 Sexta feira
00h 31 min

Compartilhar
Pedro A. D. Moraes
13/04/2018

  • 0 comentários
  • 34 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados