Site de Poesias

Menu

A pista cinza


Corro veloz
Pela pista cinza
No breu da noite
E ao longe
Eu vejo
Luzes
Várias
Muitas
De uma vasta cidade
Que àquela hora
Descansa
Luzes que brilham
Como uma árvore
De natal qualquer
A diferença
Que essa brilha
Todos os dias
Desde o entardecer ao amanhecer
Do dia
Mas só é vista
Dali
Da pista cinza
Veloz
Por mim
Queria eu passar todos os meus
Entardecer nessa pista
Para ver a cidade brilhante
Que dorme
Enquanto corro
Na pista
Cinza

Compartilhar

Botucatu - São Paulo

Marcela Hebeler Barbosa
25/03/2018

  • 0 comentários
  • 78 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados