Site de Poesias

Menu

Escalada da Noite

 
Em uma escalada da noite
Inclino-me a olhar-te
Este vazio me aterroriza
Adormeço instantaneamente.
 
Em sonho, estava eu.
Perto de um riacho solene.
Lagrimas caindo lentamente,
Assim sufocando meu coração.
 
Tento de todas as forças
Encontrar uma saída,
Em minhas memórias
Daquela tarde chuvosa.
 
A  chuva cai novamente
Assim queimando minha pele
Aqui estou neste lugar desolado
Em um sonho profundo.
 
Lagrimas arrebatadoras,
Fazendo meu peito doer
Jamais quero voltar ou retornar
Pois aqui me libertarei, e morrerei.
 
Para jamais acordar
E sentir a mesma coisa
Durante a minha vida
Novamente.
 
 
~Giovanka Rocha~
 

Compartilhar
Giovanka Rocha
29/01/2018