Site de Poesias

Menu

O amanhã

Amanhã é outro dia
Se o seu dia não vai bem
E as coisas parecem dar tudo errado
Amanhã é outro dia
Olhe para o lado e veja o caos
Dentro de você existe um vulcão
Os problemas parecem se multiplicar
À medida que o tempo passa
Da impressão que não vai dar tempo
É uma busca incessante que parece ser em vão
Quando vamos entender o sentido da vida
Por que tanto mistério?
Caminhamos no escuro
Somos obrigados a não errar
A quem diga saber toda a verdade
Mas é tão sujo quanto um porco
Vou seguindo meu caminho
Que não sei aonde vai me levar
Não sou obrigado a saber
Se é certo ou errado

Vou esperar a vida me mostrar

Compartilhar
Guilherme Olechuka
06/06/2017

  • 0 comentários
  • 30 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados