Contemplação

 

Inquieta-me o mistério que traz esse teu olhar

Perturba-me se teu corpo ainda vem longe de mim

E vens com a beleza das deusas e o segredo das recatadas

 

E vens, assim, com a fatalidade do inesperado

 

Como um desejo apaixonante, feito Afrodite, vens...

E, assim, toma-me eu teus braços, nesse laço 

De onde não quero mais sair

 

Silvestre Sobrinho
© Todos os direitos reservados