Site de Poesias

Menu

MEU ETERNO PASSARINHO

 

Ainda lembro dos três quilos e setecentos

Naquele berço que parecia pequeno

De olhos aberto e atentos

 

Como me lembro do primeiro banho

Do apelido carinhoso 

Meu passarinho

Foi amor à primeira vista

Minha vida obtinha novo sentido.

 

E vi passar os anos e como você crescia 

E a cada fase como se desenvolvia.

Hoje completa três anos de pura sapequice.

 

Menina antes de ti eu não imaginaria,

Hoje sem ti não me imagino,

És o único presente, 

Que desejo ver o futuro,

 

Um amor sem explicação,

Toma todo coração,

Meu eterno passarinho, 

Desejo-te voos magníficos

Compartilhar
Messias Scatena
12/04/2017