Site de Poesias

Menu

Reticências do Desejo...

Aquela cama...
O fogo ardendo...
Pudor não há...
Corpos lançados ao desejo...
Sendo possuídos por inteiro...
E em gritos e sussurros…. 
O prazer lateja...
As mãos deslizam...
Os lábios encontram a virilha....
Explode o fogo da paixão…
E a vontade de continuar...
Só que agora trocado....  
De possuída a possuidora...
Corpos já encaixados...
Que em movimentos se entrelaça...
O amor é consagrado...
Ardentes os dois corpos se completam…
Nessa paixão interminável…
Com reticências para continuar...

Compartilhar
Messias Scatena
03/04/2017