Site de Poesias

Menu

DEGRAU HUMANO

Eu não quero ser mais do que alguém,
Acho isso uma grande pretensão,
Dessa forma aparecer não me convém
Quero apenas ser mais um na multidão!

Sou modesto demais para aceitar
Esse modo imbecil de aparecer,
Mas também eu não posso tolerar
Quem faz degrau de outrem pra vencer!

Quem alcança o sucesso desse jeito,
Nunca mais terá paz na consciência,
É um Judas Iscariotes bem perfeito!

Quero ser simples na minha existência,
Não ser nada em minha vida, só direito
Quero ser com o dom da Providência!

Autor: José Rosendo

Compartilhar

Nazarezinho, 25 de abril de 2006

José Rosendo
25/04/2006