BOA NOITE SOFIA

 

BOA NOITE SOFIA

A luz do sol está se apagando, a noite chegando
O sono não demora, é pra dizer boa noite agora
A gente fica divagando, acha que está sonhando
Amanhã é outra aurora, ser feliz a qualquer hora

Boa noite Sofia, linda filha do tempo da sabedoria
Doces sonhos de jardim em meio à flor de jasmim
Sem você nunca saberia quão vã é minha filosofia
Voe bem alto sem mim usando pó de pirlimpimpim

Feche seus olhinhos e durma ao lado dos anjinhos
Do papai os carinhos, da mamãe leves burburinhos
A lua começa a brilhar, para você não vai se apagar

Seu tempo é hoje e o futuro, viver no mundo seguro
O mundo sem muro, que seja de humano mais puro
Para sempre acordar, na certeza de voltar a sonhar

Marco Antônio Abreu Florentino

Mais um soneto poético dedicado à minha filha de sete anos Maria Sofia, inspirado na belíssima canção dos Beatles ¨Good Night¨, a qual cantava para ela como cantiga de ninar nos primeiros dias e meses de vida. Também quando fazia ofurô em balde de água morna. Até hoje ela responde suavemente ao estímulo sonoro dessa musica. Te amo minha filha querida... meu amor por você é imensurável.

https://youtu.be/OiLr2Vk9xR4

(Good Night - The Beatles)

Marco Antônio Abreu Florentino
© Todos os direitos reservados