Site de Poesias

Menu

A vida gira

Eu queria catar o vento,
mas o vento não se cata;
se sente.
Gira , gira feito roda
soprada pelo vento
roda sem fim e sem tempo
girando nas horas vivas
e nas horas mortas
e girando como gente.
Gira ao longo da vida
como se a vida fosse
uma roda viva,
rodando... Rodando...
entre alegrias e sofrimentos.
Gira cata-vento
até que o vento ti deixe descanar.
 

 
J.A.Botacini.

Compartilhar
Jose Aparecido Botacini
16/12/2016

  • 1 comentário
  • 92 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados