Site de Poesias

Menu

Mulher sem postura

Um olhar penetrante tem tanta ternura
Tanta beleza meiguice e candura
Que suspira em qualquer peito uma paixão...


Adoece quem se lança nessa aventura
E acreditando cegamente na jura
Que uma mulher lhe fizer com emoção...


Não sabe o quanto pouco dura
Carinho de mulher sem postura
Deixa a quem ama doente o coração...


Saudade, solidão e desventura:

são três doenças sem cura...
Quando não mata de amargura
Mata de cachaça o cidadão!

Compartilhar
Carlos Cintra
29/04/2016

  • 0 comentários
  • 93 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados