Chuva

 

         A chuva caí mansa e fria,

Quase não molha o chão.

Tão fragil como a pétala de rosa, que voa.

Tão meiga, que supõe não ser

Tão mansa que faz crescer,

Que faz ninar, com

Sua beleza,

Sua magia,

Sua arte de amar...!

Uma infinita poesia.

 

Lucinha Santanelli
© Todos os direitos reservados