Site de Poesias

Menu

AMAMO-NOS ASSIM...

 
 Amamo-nos assim…
entre a melodia e o espasmo dos dias
tecendo o fogo com fios de luar,
onde nada é proibido…
 
no fulgor das tardes mornas
a noite cresce no brilho
das horas que se incendeiam
em labaredas que lavram
onde as nossas mãos passeiam…
 
tudo é brilho e claridade
no crepúsculo do caminho que nos une
e cintila ao nosso olhar…
 
quando o eco da carícia se propaga
na carne onde o beijo morde,
os anjos poisam nos dedos
que esvoaçam, com asas de sal
por entre os arrepios da pele…
 
as palavras não fazem falta!
 
Rosário Narciso

 
 

Compartilhar

24/11/2015

  • 2 comentários
  • 49 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados