Site de Poesias

Menu

BEIJA-FLOR

 
 

Beija-flor, beijas por amor
Não vás, não partas assim,
Vê desabrochar tua flor
sorrindo só pra ti, enfim

Não a deixes, por favor
Por ti é que ela chorou
Fingindo ser outra, a dor
Num canto desbotou

Foi solidário todo o jardim
Suas flores até choraram
Confessaram todas a  mim:
 Muitas lágrimas secaram

E é por te amar tanto
Que a flor está morrendo
Regada de triste pranto
Seu viço foi perdendo

A flor que te seduziu
Se vestiu de bela rosa
Mas por ti nunca sentiu
Vero amor, é só prosa

Não vais, beija-flor, não!
O mel em pote de amor
Que adoça teu coração
Só quem tem é tua flor!

 

Compartilhar
Edla Princesa
07/07/2015

  • 1 comentário
  • 71 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados