Desânimo

 
A revolta nos deixa desanimados
Tudo na vida deveria ser mais fácil
No mundo, todos estão acuados
E o desânimo nos deixando frágil.

 
As pessoas já não colaboram
Ninguém encontra uma solução
É tanta injustiça, que já elaboram
Cartilha para a falta de evolução.

 
O desânimo nos leva a adoecer
Do coração, dos rins, dos pulmões
E a morte vêm para nos vencer.

Vamos jogar longe a negatividade
Encher de amor nossos corações
Deixar a vida fluir com naturalidade.

 
Lucélia Lima

Lucélia Lima
© Todos os direitos reservados