Site de Poesias

Menu

SAUDADE ROXA

Pra falar de amor pra ela
Não quero telefonema
Só nas asas dum poema
Chego ao coração dela
 
Vai poema e diz pra ela
Que de mim você tem pena
Diz pra ela, vai poema
Que sinto saudade dela
 
Diz que a vida não serena
E a poesia vira trela
Se não é poesia dela
Diz pra ela, vai poema
 
Fiz promessa e acendi vela
Decifrei mil teoremas
Sobre a saudade extrema
Da doce presença dela
 
Vai pra ela e diz poema
Que a poesia é só pra ela
E que a saudade dela
Quer calar-te meu poema
 
 
 
 
 

 
 

Compartilhar

Como diria a minha amiga Elisa:

Aos defensores da norma ultra culta eu digo que quis dizer "diz" mesmo!!!

sergio néspoli
14/06/2015