Site de Poesias

Menu

Comentários da Poesia "ÀS VEZES"

de Lucilla Guedes

Gostaria de deixar seu comentário?

Comentários

ATENÇÃO: Os comentários aqui registrados não representam a opinião da equipe do Site de Poesias, nem mesmo recebem o seu aval. A responsabilidade pelo conteúdo dos comentários é inteiramente do autor dos mesmos. Ao poeta é reservado o direito de remover os comentários de seus poemas, quando achar por bem fazê-lo.


Olá Lucila,

Quanto lirismo e delicadeza em tua poesia. Tenho que confessar que é difícil para um cara como eu processar, assim de imediato, tanta suavidade.
Poderia ter escolhido outro texto para deixar meu comentário, mas escolhi este porque "Somos cobaias destreinadas", esse verso sim, eu processo imediatamente.

Com muito respeito, e delicadeza,
Caré.
Caré

30/09/2015

É verdade, às vezes, a vida nos dá asas e voamos felizes ou nos joga num abismo e quebramos a cara, mas só às vezes!
O que seria da alegria se não houvesse a tristeza, que seria da cura se não houvesse a ferida? O que seria?
Precisamos ter alma de poeta para sentir como você sentiu! Precisamos ter, às vezes!...
Saudações Poética!
Sednan Moura
Sednan Moura

23/07/2015

Poesia a qual narra muito bem o que é a vida: um inconstante fluxo de altos e baixos, mas que por outro lado tanto é sublime como tediosa, dependendo do ponto de vista. Meus parabéns pela bela poesia! Abraços e força sempre.

Lindos versos cara poetisa,às vezes a vida nos prega peças, mas na maioria delas somo felizes e realizado. Parabéns pelo belo poema...

J.A.Botacini.

" Bela poesia, Poetisa Lucila, a vida é bem assim mesmo..."

Ficamos felizes com sua volta. Obrigado pelos comentários!
Pedro A. D. Moraes

24/05/2015

Voltar à poesia