Site de Poesias

Menu

CADA AMOR O SEU LIMITE

EMBORA CADA CORAÇÃO
TENHA O SEU BATIMENTO PESSOAL,
E CADA FORÇA O SEU POTENCIAL
A SER EXPLORADO E,
CADA AMOR O SEU LIMITE
INFINITAMENTE ETERNO.
FICA PROVADO QUE UMA PAIXÃO 
É ALGO QUE NÃO EXPLICAÇÃO.
 
VIVE-SE PELO AMOR
APESAR DO ALTO PREÇO
A SE PAGAR...
VIVE-SE POR ALGUÉM
QUE EMBORA NEM SEMPRE PRESENTE
NUNCA SE FAZ AUSENTE.
EM CADA RENÚNCIA
SÓ VALE A POSIÇÃO
DE SER FORTE E VALENTE
POIS ENFRENTAR A VIDA
DE PEITO ABERTO,
SÓ O QUE É CERTO
MUITAS DAS VEZES É PURA
ILUSÃO.
 
 
 
 

Compartilhar
Marcos Cunha
01/05/2015

  • 0 comentários
  • 45 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados