Site de Poesias

Menu

Lena e o Vampiro Sinistro

[Ilustração não carregada]

Lena, Vampiros existem sim!
 
E atacam constantemente a qualquer  um,
Pois infelizmente já nasceram assim
Com este maldito carma tão ruim...
Graças a Deus não inerente a qualquer um!
 
Vampiros que nos sugam a paz e a paciencia
Enquanto que outros sem dó nem complacencia,
Vão nos sugando até a vontade de viver,
Ao lhes escutar ou darmos atenção mesmo sem querer...
 
Vampiro das mentiras e falsidades
Que embora não tenha nada de perfeito,
Incumbidos de toscos poderes e patológicas autoridades,
Vão  ainda mais nos sugando
E pouco a pouco nos matando
Cada um à sua maneira ou jeito...
 
De tais vampiros assim tenha medo,
E inclusive com teu mais íntimo segredo,
Pois segredo dividido por dois nunca mais será segredo.
 
E com as amizades vampíricas cuidado também,
Principalmente de quem mais nos diz querer bem,
Pois mais vale um inimigo declarado,
Que um amigo falso do lado.
 
Trilha Sonora do Poema - Blade Soundtrack New Order Confusion 
https://youtu.be/99cXWB4SwB8

Compartilhar

Recife - Brazil


28/04/2015