Site de Poesias

Menu

O AMOR NATURAL

NA NOVELA DE TODO DIA
AS CIDADES DOS FUNDÕES
CONHECEM UM MUNDO
.....QUE NÃO ENTENDEM
        ....  NÃO ENTENDEM
 
PARA ELES O NAMORO
DE TEMPOS EM TEMPOS
DÁ UMA CRIA
ELES NEM IMAGINAM
PORQUE DE ALGO TÃO SIMPLES
CRIOU-SE TANTA FANTASIA
E DEIXOU A VIDA INFERNAL
LÁ NA DISTANTE CAPITAL
 
PARA ELES O NAMORO É NATURAL
E É UM AMOR QUE SEMPRE SURGE
E SÃO AINDA PARA TODA VIDA
ENQUANTO NA CIDADE DA TV
O AMOR SÓ DURA UMA NOITE
E ELES NÃO ENTENDEM...
....NÃO ENTENDEM
 
NA TV NÃO SACIA-SE O INSTINTO
ESTÍMULADO À DOENTIA 
ENQUANTO A ALMA MINGUA
SUBJUGADA A ESTE VÍCIO
SEM QUE A ELA SE ALIMENTE
DO AMOR QUE NUNCA VEM
 
ENQUANTO TRANSAM SEM NÃO
CLAMAM QUE VENHA UM AMOR
CRISTALINO COMO A CACHOERIA
ONDE QUEM MANDA É A NATUREZA
ORA UM SEXO COM MUITO FRESCOR
HORA UM CALMO E TRANQUILIZADOR
 
MAS LÁ ELES ASSIM NÃO VEM
....................ASSIM NÃO VEM
POIS COMO LÁ ELES DIZEM
CARROÇA NUNCA  VAI PUXAR BOI

"Não é o lugar em que nos encontramos nem as exterioridades que tornam as pessoas felizes; a felicidade provém do íntimo, daquilo que o ser humano sente dentro de si mesmo” Roselis von Sass – www.graal.org.br
 
www.hserpa.prosaeverso.net

Compartilhar
HSERPA
25/04/2015