Site de Poesias

Menu

Desejo do encontro.

 Porta sem tranca, vou caminhando lentamente ao seu encontro,

me entrego ao seu abraço quente, sua barba cerrada no meu pescoço

me arrepia até os pensamentos, fazendo surgir desejo de quero mais...

Perdemos a força das pernas entrelaçadas, somos um só  quando adentramos um ao outro,

Não te perco pelas mãos, mas te sinto ao arrancar o teu suspiro ao sentir o seu gozo, teu prazer é o meu prazer.

E instantes depois recomeçamos ao beber dos lábios desejos que nos atrair a cada encontro.

 

 

 

Compartilhar
EUNICE FERNANDES
18/04/2015

  • 0 comentários
  • 50 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados