Site de Poesias

Menu

BLOCO NA RUA

Olhou para a rua
Onde o povo dançava
Sua praga soltava
Que ira era a sua!
 
Naquela torrente
De povo e risada
Ficou abismada
Com aquela gente
 
Que dor não sente
Nem sente tristeza
É tanta a frieza
Não se sabe quem mente
 
 
 

Compartilhar

Visitem-me também em:

www.sergionespoli.recantodasletras.com.br

Grato!!!


15/02/2015