Site de Poesias

Menu

Psicanálise das Civilizações

[Ilustração não carregada]

Se o desenvolvimento da civilização é tão semelhante ao do indivíduo, e se usa os mesmos meios, não teríamos o direito de diagnosticar que muitas civilizações, ou épocas culturais - talvez até a humanidade inteira - se tornaram neuróticas sob a influência do seu esforço de civilização?
(Sigmund Freud )

A Terra é um Planeta hospício que vaga solta por aí pelo espaço sideral


Depois de duas catastróficas guerras mundiais,
A esperada e plena PAZ totalmente nunca aconteceu
E, até mesmo toda aquela confiança,
Que viria trazendo a prosperidade e esperança,
Infelizmente com o tempo toda se perdeu,
De modo que atualmente até antigos aliados,
Esquecidos das dores e glórias dos seus antepassados,
Vão se tornando aos poucos perigosos rivais.

O fogo nefasto do fundamentalismo por outro lado,
Espalha-se lentamente pela Terra,
Através do perigoso fanatismo do alienado,
Que assassina friamente até mesmo gente inocente
Cuja vida miserável e terrivelmente se encerra,
Justificada pela sua visão cega insana e doente,
Como "santa punição" contra o que julga "pecado".

Outra silenciosa e covarde guerra no entanto,
Que tem causado tanta dor e pranto
Vem do narcotráfico,
Aonde o viciado pela droga mais que fanático,
Por ela também friamente é capaz de matar
A quem seus desejos não ajudar a saciar
E, Infeliz e tristemente seus caminhos cruzar.

E, assim caminha a Humanidade!


Mas, a mais pura realidade,
É que tudo faz parte inevitável da Evolução,
De povos e tempos sempre em constante transição,
Muitas vezes até chegar a mais completa extinção,
De mais uma próspera e evançada civilização
Sem jamais atingir a plenitude da paz e perfeição.

 

Trilha Sonora do Poema - Darwin's Revolution - Evolution Song

http://youtu.be/UuZTqLW_MN4

> H Bombs in HD-

http://youtu.be/DesTCK7dn78

Compartilhar

Fortaleza - Ce


09/02/2015