Site de Poesias

Menu

EU NAO SOU DO TIPO DE HOMEM QUE

 Eu não sou do tipo de  homem que amar   rapitamente
Eu não sou do tipo que beija mulher no  primeiro encontro 
Porque eu nunca deixo meu coração aberto pro amor
Dizer adeus nunca me machuca sou uma porta fechada por dentro em um
Relacionamentos nunca   e duradouro para  mim
não se tornam profundos para mim o sexo apaixao
Nunca entendi direito essa coisa de amor perfeitamete
E alguém pode dizer   o  que e amou de verdade entao fala pra mim e  me  mostra
Mas nesse momento, não significa nada existe pessoas   que  maltrada criança  e animais


Minha mente se foi jundo  com  amaldade  do mundo
Estou olhando  todo  os dia  na tv
E bem aqui dentro da sala da minha casa
Afogarei minhas lágrimas nas mentiras  das novelas
Estou perdendo a cabeça com tandas traiçao permetida  na  tv
O que está acontecendo? com  as pessoas  que  nao sabe mais o seu sexo de criança
Eu me afasto do mundo quando eu vejos beijos de homem do mesmo sexo
É assim que me sinto no mudo uma vitima das novelas  
Aquela que ensina  como os filhos  devem educar os pais

EU Me senti como se eu fosse só uma vítima do mundo corrupito
Eu me a cortou sempre  com uma ipocresia na televissao
 Agora estou nessa condição com traumas do pais  que  eu nasci meu brasil
E eu tenho todos os sintomas  que meu pais  me 
fez ende  olhando  as novelas  que  eu  vi  na televisao
quando olho casais se beijados pela primeira vez?
nao se  sabe  se e amor ou paixao ou  traiçao
hoje   estou triste de nos ver separados?
Eu não me dei a você de propósito Minha mente se foi
Eu nunca quis deixar isso ficar tão pessoal
Mas não importa o que aconteça
Você nunca me verá chorar
Eu nunca deveria ter te deixado ficar longe de min
E eu tenho todos os sintomas de um home com o coraçao partido
Quando você saiu da minha vida
Agora estou nessa condição
 Afogarei minhas lágrimas de frete de uma messa de umbar
Me senti como se eu fosse só uma vítima
Dessa vez foi tudo diferente o sol ja estava comesando aparecer e voçe se foi
Dessa vez tudo ia ser diferente Minha mente se foi
Eu nunca quis deixar isso ficar tão pessoal
Mas não importa o que aconteça
Você nunca me verá chorar
 
AUTOR MOISES DA VITORIA RIBEIRO
INSCRIÇAO 28. 37.32

Compartilhar
MOISES DA VITORIA RIBEIRO
14/12/2014