Site de Poesias

Menu

ACORDO DE PAZ * Antonio Cabral Filho - RJ

ACORDO DE PAZ

Casalzinho na cozinha
discutindo asperamente
"que eu te isso, qué?!
eu te aquilo; vem, vem!"

Aí um casal de caga-sebo,
passarinho vagabundo
que nem se encontra na feira,
pousou na janela
e ficou catando piolho
um no outro
ao som de pequenos pios,
quase sussurros,
arrumando as peninhas 
um do outro, 
numa cena tão cheia de paz
e com a maior fartura de amor
tão grande que o casalzinho
parou a briga selada aos beijos.
*

Compartilhar
Antonio Cabral Filho
29/11/2014