Site de Poesias

Menu

ComTato

Toque-me,

preciso sentir seu tato.

Ao seu perfume,

já  não tenho olfato;

e do amor ou amizade,

não provei da felicidade.

Sinto sua presença,

mas não distingo seu passo.

Seu olhar ao longe vaga

e jamais procura o meu.

Do alimento, esqueci o sabor.

Acenda em mim um pouco de vida

apenas um pouco de amor.

Compartilhar
Mirzem
30/10/2014