Site de Poesias

Menu

NADA DE NOVO NAS ELEIÇÕES

 
NADA DE NOVO NA ELEIÇÃO
Mais uma eleição, mais uma obrigação
votar nos candidatos que ai estão
nenhum me dá TESÃO, apenas mais
uma obrigação.

Discursos, oratórias no ouvidos do
povo para se manter ou subir ao poder

O poder é maravilhoso, empolgante,
deslumbrante, inebriante , envolvente,
emolumento.

Os candidatos  estão ai com seus
compromissos. Com os banqueiros,
os industriais, com as multinacionais,
com as religiões, com os meios de comunicações.

E o povo? Onde fica mesmo?
Eleição mais uma ilusão

Eternos candidatos legislativo.
Nada muda, a realidade apenas
se transfigura.

Interesses em jogo, milhões  nos
candidatos A, B, C que vão manter
a realidade sem essência, apenas
na aparência.

Violência se anestesia , mas tudo
parece uma fantasia.

Saúde e Educação Pública sucumbindo
e o povo sorrindo votando nos mandarins.

De para filho, eterniza-se  o poder
dos que nele podem ascender e assim
permanecer.

Compartilhar

30/09/2014

  • 0 comentários
  • 25 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados