Site de Poesias

Menu

UM AMIGO AUSENTE ( LUIZ DA SILVA )





A UM AMIGO AUSENTE ( LUIZ DA SILVA )

Temos razões de sentir saudade,
das brincadeiras, dos risos,dos bate papos enfim.
Tu partiste sem se despedir e foste embora.
Um sonho fora desfeito.
A alegremente programou em comemorar seu aniversário
e explorar toda a vivacidade entre amigos e família.
Com alegria, em agradecer pôr mais mais um dia.
O acaso e o inevitável sem justificativa ,
não se justifica os meios e o fim.
Você partiu e nos deixou saudade.
Sem querer antecipaste a hora.
Nos trouxe a dor e o sentimento de perda.
Da mesma forma que as folhas que caem sobre a água
tu caíste também deixando-nos apreensivo, no aguardo retorno
entrando e saindo por essa porta à fora.
Quiséramos que esse finito acaso não fosse verdade.
Esperávamos boas notícias mas elas não viam.
Quanto isso, o tempo ia passando.
O relógio antecipava suas horas
E nada de você chegar.
São acontecimentos que não sabemos explicar
e se sabemos não conseguimos entender.
O porquê ?
Você se foi e nos deixou saudade.
Tenho razão para sentir saudade de ti,
de nossas convivência em falas enroladas,
do aperto de mãos,sempre que me via
perguntava por meu irmão Aécio, que era seu amigo de convivência.
E o chamava carinhosamente de Bencha.
Assim como :José Maria, André, Erivan, e tantos outros amigos que partiram pra tão distante e nos deixou saudade.
E outros como: Albérico, Nidinho, Aécio,professor Gilvan, eram amigos das antigas,e tantos outros amigos principalmente da família tão sentido a mesma dor.
Nesse longo tempo ,alguns amigos que estavam distante tu pudeste lembrar
da velha convivência e rir dos belos tempos, velhos dias.
Descanse em paz
Rock Hudson Matias Farias
30-09-2014


Compartilhar
Rock Hudson Matias Farias
30/09/2014

  • 1 comentário
  • 32 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados